0 0,00

Benefícios e propriedades dos derivados das abelhas

Mel, Geleia Real, Pólen, Veneno… Aprende mais sobre as propriedades e os benefícios dos derivados das abelhas.

Benefícios e propriedades dos derivados das abelhas
Tardarás en leer este post tan solo 14 min

Os derivados das abelhas e os seus benefícios

Os produtos derivados das abelhas são utilizados há mais de 8.000 anos devido aos seus importantes benefícios para o nosso corpo. São produtos antivirais, anti-sépticos, anti-inflamatórios e altamente nutritivos. Aprende sobre as propriedades e os benefícios dos produtos derivados das abelhas.

O que são os derivados das abelhas?

Mel, cera de abelhas, própolis e até veneno… Cada uma destas substâncias cumpre uma função para a colmeia e tem vários benefícios para os seres humanos. Estes derivados das abelhas são derivados da atividade natural das abelhas e muitos deles têm sido recolhidos e utilizados pelo homem como terapias medicinais há mais de 8.000 anos.

A história da utilização de produtos derivados das abelhas

Da apicultura primitiva à apicultura sustentável.

A apicultura mais primitiva que conhecemos data de períodos anteriores a 8.000 a.C. Era uma apicultura selvagem, na qual as pessoas esperavam até à primavera para caçar enxames naturais e colocá-los em colmeias feitas de lama, palha ou troncos vazios de árvores. No verão, o mel era coletado e separado da cera.

A civilização egípcia utilizava os derivados do mel não apenas como alimento, mas também na medicina, ritos fúnebres e como presentes para os deuses. Acreditava-se que as lágrimas de Rá (Deus do Sol) eram transformadas em abelhas ao tocar o chão.

Durante os séculos XVI e XVII, muitos dos instrumentos essenciais para a apicultura contemporânea foram desenvolvidos, tais como um modelo padronizado de colmeias e a criação de fumadores.

Atualmente, a apicultura tornou-se uma indústria globalizada e altamente competitiva, onde o foco principal é a obtenção de material. As populações de abelhas diminuem anualmente e a espécie está mais ameaçada do que nunca por fatores tais como: pesticidas, destruição de habitat, parasitas e espécies invasoras.

A apicultura sustentável surgiu como uma forma de proteger e aumentar as populações de abelhas, ao garantir ao mesmo tempo o bem-estar animal. Com a ajuda de uma grande rede de consumidores e utilizadores conscientes, a apicultura sustentável pode ultrapassar as margens competitivas e tornar possível um futuro melhor para as abelhas.

 

Os derivados das abelhas 

 

Quais são os derivados das abelhas? Quais são os benefícios do mel ou da cera? De onde vêm a geleia real e a própolis? É bom consumir pólen? Estas são algumas das questões que nos colocamos durante anos. Hoje, graças à investigação e aos avanços científicos, podemos compreender e explicar os benefícios e as propriedades dos derivados das abelhas.

O mel

De onde vem o mel?

O mel é um fluido viscoso e doce produzido pelas abelhas do gênero Apis, mais especificamente as abelhas melíferas. Este mel é produzido a partir do néctar das flores e se transforma ao ser combinado com as próprias substâncias das abelhas, que são depositadas e armazenadas nos favos de mel.

Há diversas variedades de mel de acordo com a origem vegetal. As mais comuns são de alecrim, tomilho, eucalipto, lavanda, castanha, laranja e flor de laranjeira.

OS BENEFÍCIOS E AS PROPRIEDADES DO MEL:

  1. Antibacteriano: O mel contém inibidores e glicose oxidase que atuam como bactericida. Estas propriedades fazem do mel um esfoliante natural ideal para o tratamento da acne.
  2. Antiviral + Antifúngico: O mel tem propriedades antivirais e antifúngicas que podem melhorar o nosso sistema imunitário.
  3. Antioxidante: O mel previne a formação de óxidos e retarda a degradação celular. Portanto, beneficia significativamente o sistema imunitário e pode prevenir doenças cardíacas.
  4. Anti-inflamatório: O mel é um potente anti-inflamatório que reduz e alivia a dor da inflamação. Atua tanto topicamente nos músculos e nas articulações como ingerido.
  5. Hidratante e reparador: É ideal para hidratar e reparar a pele, mas também para hidratar o nosso cabelo e couro cabeludo.
  6. Agente cicatrizante natural de feridas e queimaduras: As suas propriedades anti-sépticas reduzem a possibilidade de infecções, ao ser rico em enzimas e aminoácidos favorece o crescimento e a reparação de feridas e queimaduras nos tecidos.

QUAIS SÃO OS COMPONENTES, VITAMINAS E SUBSTÂNCIAS QUE O MEL CONTÉM?

  • Vitaminas tais como: Vitamina A, Vitamina E, Vitamina K, Vitamina C, Vitamina B1, Vitamina B2, Vitamina B3 (Niacina) e Vitamina B6.
  • Carotenóides.
  • Flavonóides tais como: Pinocembrin e Acacetina.
  • Ácidos tais como: ácidos gordos, ácido pantotênico, ácidos fenólicos, ácido abscísico, ácido ferúlico.

COMO UTILIZAR O MEL:

  • Uso tópico:
    • O mel aplicado sobre a pele como máscara facial repara e nutre a nossa pele, ao desinfetá-la e eliminar as bactérias. É por isso que o mel é um remédio natural para o tratamento da acne. Usar duas colheres de sopa de mel para o espalhar uniformemente pelo rosto, depois esperar até 20-30 minutos e retirá-lo com água morna. Aqui tens 5 máscaras faciais com mel e outros ingredientes que podem ser facilmente encontrados em casa.
    • O mel aplicado sobre feridas e queimaduras desinfeta e promove o processo de reparação de tecidos. Além disso, o mel é uma substância muito mais barata em comparação com outros remédios. Cobrir diariamente a superfície e a profundidade da ferida ou queimar com mel.
  • Uso ingerido:
    • O mel orgânico (sem corantes, aditivos e compostos aromáticos) contém vitaminas e minerais que ajudam a restaurar o sono, reduzir o estresse metabólico, melhorar a função cerebral e até estimular o nosso sistema imunitário. No entanto, devemos ter em conta que o mel contém 80% de açúcares e 320 kcal por 100 gramas, portanto não devemos abusar da sua ingestão.

O mel e o mel com CBD do The Beemine Lab.

O mel que utilizamos para produzir os nossos produtos derivados das abelhas é o mel de alecrim orgânico proveniente das montanhas de Madrid. Este mel é obtido ao utilizar métodos de extração sustentáveis que asseguram o bem-estar animal.

Hani raw: Mel puro de alecrim, do favo de mel até a tua casa.

Hani +: Mel com CBD, a fusão perfeita dos benefícios da Cannabis e da apicultura.

Outros dos nossos produtos que contêm mel:

 

 

A CERA DE ABELHA

De onde vem a cera de abelha?

A cera de abelha é uma secreção animal produzida voluntariamente pelas glândulas de cera das abelhas operárias. A cera emerge do abdômen da abelha, depois é mastigada para se transformar nos caprichosos hexágonos que compõem o favo de mel.

BENEFÍCIOS E PROPRIEDADES DA CERA DE ABELHA:

  1. Antibacteriano: Tal como o mel, a cera de abelha mata as bactérias.
  2. Antiviral + Antifúngico: Tal como o mel, a cera de abelha pode matar o bolor (e outros fungos) e prevenir surtos de herpes labial.
  3. Anti-inflamatório: A cera reduz a inflamação graças às suas propriedades emolientes e anti-inflamatórias.
  4. Antioxidante: previne o envelhecimento das células da pele.
  5. Nutritivo: A cera de abelha nutre e hidrata a pele, por isso é frequentemente utilizada em bálsamos e cremes labiais.

COMO UTILIZAR A CERA DE ABELHA:

  • Uso tópico:

É comum encontrar cera de abelha em muitos produtos cosméticos devido às suas propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes que cuidam da nossa pele e previnem o envelhecimento. Apanhar com os dedos uma quantidade de cera de abelhas apropriada para a área a ser tratada e aplicá-la diretamente na tua aflição de pele.

Outros usos da cera de abelhas: 

  • A cera de abelha é um remédio para a sinusite ou asma. Existem alguns suplementos alimentares e produtos farmacêuticos que contêm cera de abelha.
  • A cera de abelha é também utilizada na medicina para a elaboração de pomadas e enxertos devido às suas propriedades anti-inflamatórias, cicatrizantes e emolientes.
  • A cera de abelha é também utilizada para fazer velas que criam pouco fumo e cujo aroma é muito agradável.

PRODUTOS DO THE BEEMINE LAB COM CERA DE ABELHA.

O Bálsamo labial com CBD é feito com cera de abelha e outros ingredientes tais como óleo de abacate, óleo de semente de cânhamo e manteiga de cacau. Estes ingredientes fazem do Bálsamo labial com CBD um bálsamo labial altamente restaurador para lábios secos e áreas sensíveis.

O creme Hidratante com CBD também contém cera de abelhas. É um creme com uma textura leve que é facilmente absorvido, que nutre e protege a nossa pele do envelhecimento.

Bálsamo de Emergência: Devido às suas propriedades anti-inflamatórias, o Bálsamo de Emergência contém cera de abelhas que, juntamente com outros componentes, acalma e reduz a inflamação muscular.


Outros derivados das abelhas que não estão presentes nos nossos produtos:

A PRÓPOLIS

DE ONDE VEM A PRÓPOLIS?

A PRÓPOLIS É UMA SUBSTÂNCIA QUE PROVÉM DA SEIVA DAS ÁRVORES (PINHEIRO, ZIMBRO, CHOUPO, CASTANHEIRO, AZINHEIRA, AVELEIRA, ETC.) E É COLETADA PELAS ABELHAS A FIM DE PROTEGER AS SUAS COLMEIAS.

A Própolis é coletada principalmente no outono e o trabalho da abelha consiste em:

Manipulá-lo com a ajuda das suas pernas e mandíbula para o tornar maleável e encher o cesto das suas patas traseiras. Para este processo, uma abelha pode levar de 30-60 minutos, somados à hora que dedica dentro da colmeia a amassá-la com a cera para alcançar o resultado final.

BENEFÍCIOS E PROPRIEDADES DA PRÓPOLIS:

A Própolis é historicamente conhecida como uma substância medicinal para prevenir e tratar infecções respiratórias.

  • Os seus componentes anti-sépticos e antibacterianos desinfetam e matam bactérias e outros microrganismos.
  • A sua propriedade antiviral fortalece o nosso sistema imunitário e torna ele um componente indispensável para as estações de gripe.
  • A sua propriedade antifúngica impede a formação de fungos, ao tornar o componente adequado para prevenir e tratar o aparecimento de fungos na pele.

COMO UTILIZAR A PRÓPOLIS:

  • Uso tópico: A utilização da própolis na pele é eficaz para o tratamento de verrugas, fendas, infecções com pus e inflamações e infecções intradérmicas, tais como frieiras. Pegar com os dedos uma quantidade apropriada de própolis para a área a ser tratada e usá-la diretamente na tua aflição de pele.
  • Uso oral: Como indicado acima, a própolis é utilizada para o tratamento e a prevenção de infecções das vias respiratórias. Existem vários formatos, tais como sprays ou óleos, e cada um tem as suas próprias recomendações e limites de utilização.

O PÓLEN

O pólen é a antera das flores. Este alimento é recolhido das colmeias, as abelhas recolhem-no das plantas e transportam-no em grânulos dispostos nas suas patas traseiras para serem transportados. O pólen é altamente nutritivo: contém os 22 aminoácidos essenciais necessários para os seres humanos. Geralmente é comercializado como um aditivo alimentar.

BENEFÍCIOS E PROPRIEDADES DO PÓLEN:

Devido ao seu alto teor em vitaminas, aminoácidos, enzimas e minerais, o pólen contém efeitos fortalecedores e propriedades antidepressivas.

  • Melhora e estimula o nosso sistema imunitário, ao aumentar as nossas defesas e melhorar a atividade dos sistemas circulatório e cardiovascular.
  • Melhora a capacidade de recuperação física e aumenta a resistência.
  • Regula o sistema nervoso, ao reduzir o estresse e melhorar o nosso estado de espírito.
  • Estimula a irrigação cerebral e melhora a capacidade intelectual.
  • Melhora a visão devido ao seu elevado teor de riboflavina.
  • Melhora a atividade do sistema digestivo, ao combater a falta de apetite e regenerar a flora bacteriana intestinal.
  • Reduz a inflamação da próstata graças ao seu conteúdo em zinco.

CÓMO UTILIZAR O PÓLEN:

  • Uso ingerido: Podes obter pólen em farmácias e ervanárias. Existem diferentes formatos com diferentes formas de utilização oral. O mais comum é a ingestão direta dele.
  • Uso tópico: Podes fazer cremes, sais de banho, tónicos e máscaras caseiras com pólen de abelhas (por pulverização). As suas propriedades anti-inflamatórias são benéficas para a pele e para aqueles que procuram alívio da inflamação muscular, enquanto as suas propriedades antibacterianas são eficazes na redução da acne.

A GELEIA REAL

DE ONDE VEM A GELEIA REAL?

A geleia real é uma substância ácida e esbranquiçada secretada pelas abelhas operárias para alimentar a abelha rainha ao longo da sua vida e as larvas da colmeia durante os seus primeiros dias de vida. As futuras abelhas rainhas consomem a substância pura ao longo da sua vida enquanto as abelhas operárias ingerem um derivado combinado com o pólen.

Como é produzido? É produzido pelas glândulas da garganta das abelhas operárias durante os seus primeiros 5 a 15 dias de vida e, juntamente com as substâncias estomacais que secretam, dá origem à geleia real.

BENEFÍCIOS E PROPRIEDADES DA GELEIA REAL:

  • Estimula as defesas naturais do nosso organismo ao melhorar o sistema imunitário, aumentar as nossas defesas e melhorar a atividade dos sistemas circulatório e cardiovascular.
  • Fornece energia e melhora a capacidade de recuperação física.
  • Regula o sistema nervoso, ao reduzir o estresse e melhorar o nosso estado de espírito.
  • Estimula a irrigação cerebral e melhora a capacidade intelectual.
  • Melhora a visão devido ao seu elevado teor de riboflavina.
  • Melhora a atividade do sistema digestivo, ao combater a falta de apetite e regenerar a flora bacteriana intestinal.
  • Reduz a inflamação da próstata graças ao seu conteúdo em zinco.
  • É um antibiótico natural que protege o corpo de infecções graças às suas propriedades anti-sépticas e bactericidas.
  • Regenera a pele e retarda o envelhecimento, ao promover a hidratação e a elasticidade da pele.

Como utilizar a Geleia Real:

  • Uso ingerido: Podes obter geleia real em farmácias e ervanárias. Existem diferentes formatos com vários modos de utilização oral, tais como comprimidos ou pomadas. A utilização mais comum é a ingestão direta.
  • Uso tópico: Podes fazer cremes e máscaras caseiras com geleia real. As suas propriedades anti-inflamatórias são benéficas para a pele, para aliviar a inflamação muscular e as suas propriedades antibacterianas são eficazes na redução da acne.

Bibliografia:

  1. Tahereh Eteraf-Oskouei y Moslem Najafi, Traditional and Modern Uses of Natural Honey in Human Diseases: A Review 2013
  2. Abdulwahid Ajibola,et al. Nutraceutical values of natural honey and its contribution to human health and wealth 2013
  3. Alzahrani, H. A.; Boukraa, L.; Bellik, Y.; Abdellah, F.; Bakhotmah, B. A.; Kolayli, S. & Sahin, H. Evaluation of the antioxidant activity of three varieties of honey from different botanical and geographical origins. Glob. J. Health Sci., 4(6):191-6, 2012.        
  4. Mendoza, B. Y. M. (2019). cera, jalea real y veneno de abejas. BIOZ Revista de Divulgación UACB, 4(1).
  5. Burlando, B. & Cornara, L. Honey in dermatology and skin care: a review.J. Cosmet. Dermatol.,12(4):306-13, 2013.  
Claudia Nicolás Rey (Autor)

Se dedica à pesquisa, otimização e desenvolvimento de conteúdos canábicos que melhorem a experiência do usuário com os produtos e forneçam clareza sobre os modos de uso e perguntas frequentes sobre o CBD.

SABER MÁS

ARTÍCULOS RELACIONADOS

Leave a Reply

Assine a nossa newsletter e receba 10% de desconto no seu primeiro pedido. Respeitamos a sua privacidade
SEU CARRINHO
Your cart is emptyReturn to Shop